História

História


A advocacia sempre foi um sonho na vida de Ivo Barboza. Quando criança, parecia um objetivo distante. Entre uma e outra tarefa como contínuo da fábrica da Palmeiron, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, vislumbrava pela brecha da porta o trabalho dos advogados no tribunal. Nasceu na diminuta Vila da Conceição, em Buíque, no Agreste de Pernambuco. O pai, agricultor e pequeno comerciante, e a mãe, dona Amélia, deixaram a vila quando Ivo, o primeiro homem de cinco filhos, estava com oito anos. Foram atrás de mais oportunidades de educação para as crianças.

Em Arcoverde, a vida não foi fácil. O mais importante era ganhar dinheiro para sobreviver. O estudo era feito à noite, depois de um dia dedicado a tarefas diversas – Ivo vendia verdura na feira, cocada na estação de trem, latas vazias de doces da Palmeiron. Foi na fábrica, onde começou a trabalhar aos 12 anos, que teve a primeira aproximação com a contabilidade. O talento com os números e um curso técnico na área o levaram a assumir o posto de contador. Quando a fábrica foi comprada pelo Grupo JCPM, antigo Grupo Bompreço, recebeu a proposta para ir morar no Recife. Novamente pensando em progredir na educação, mudou para a capital.

No Recife, cursou Ciências Contábeis. Era a área em que já trabalhava, tomando conta das finanças dos supermercados Bompreço. O sonho de ser advogado teve que esperar – mas não muito. Um ano depois da formatura, prestou vestibular. Passou no curso que tanto desejava, mas ainda havia um problema: as aulas eram pela manhã, no mesmo horário do trabalho. “Falei com seu João Carlos Paes Mendonça e ele foi muito compreensivo. Disse: “Não é o seu sonho? Vá fazer seu curso”, conta Ivo.

Foram onze anos dedicados ao Grupo Bompreço. Passou no concurso de auditor da Secretaria da Fazenda de Pernambuco e por lá ficou por mais um ciclo de onze anos. Em 1993, em um pequeno apartamento na Imbiribeira, abriu seu primeiro escritório de advocacia. Com competência e dedicação, o negócio cresceu e foi para um espaço maior na Ilha do Leite. Em 2007, decidiu ampliar os horizontes: além de ter como sócios o irmão, Gláucio Barbosa, e os filhos, Ivo Filho, Fernando e Fábio, convidou Alexandre Albuquerque para se juntar ao time, pela vasta experiência dele no campo do Direito Tributário, Público e Administrativo. Neste mesmo ano, a equipe se transferiu para o casarão de três andares, tombado, no Bairro do Recife.

Hoje, o escritório Ivo Barboza e Advogados Associados é referência em Direito Tributário e emprega mais de 40 funcionários, entre advogados, setor administrativo e apoio.